Duo Capparelli Gerling

Cristina Capparelli (piano)


Fredi Gerling (violino)

Cristina Capparelli e Fredi Gerling

Cristina e Fredi, ambos professores da UFRGS, em Porto Alegre, se conheceram em Teresópolis em Janeiro de 1969 no Curso de férias da Pro Arte. Neste ano Cristina mudou-se para o Rio de Janeiro para estudar com Daisy de Lucca e os ensaios do Duo passaram a ser freqüentes. Em Outubro de 1969 uma série de três recitais marcou a primeira turnê do Duo. Uberaba, Uberlândia e São Paulo.

Nos anos seguintes, Fredi e Cristina participaram de vários eventos para jovens músicos no Rio de Janeiro. Os anos 70 foram marcados pela busca de novos caminhos e os dois foram estudar nos EUA. Cristina em Milwaukee e Fredi em Boston. A distância ao invés de dissolver o duo, precipitou a sua consolidação! Em 1973 Cristina e Fredi se casaram. Desde então não se passou nenhum ano sem que oferecessem recitais. Nos anos 80 retornam a Boston para o Doutorado de Cristina e continuaram atuando intensamente tanto como Duo quanto em outras formações camerísticas.

Nos anos 90 a consolidação da pós-graduação em música no Brasil trouxe oportunidades para inúmeras apresentações pelas universidades parceiras neste grande desafio de estabelecer a excelência em execução instrumental e consolidar as práticas interpretativas como área de pesquisa. Neste contexto, em 1996 Fredi voltou para os EUA para seu doutorado e Cristina para seu primeiro pós-doutorado e muitos recitais do duo. Após retornarem ao Brasil no ano 2000, continuaram a se apresentar regularmente no Brasil, em eventos internacionais como na França em 2005 e com freqüentes retornos para recitais nos EUA.

Portanto, ao completar 50 anos de atividades ininterruptas queremos agradecer aos nossos amigos, colegas e alunos. Este agradecimento toma forma com Sonatas para Piano e violino cuja escolha apresenta um significado especial. Camargo Guarnieri estava presente na nossa apresentação do primeiro recital em São Paulo e, em sua homenagem escolhemos sua sonata nº5. A Sonata de Respighi foi uma obra que marcou período de atuação do Duo durante o doutorado de Fredi. A obra de Lekeu foi um projeto durante a passagem de Cristina como Visiting Scholar na Indiana University.

Foram três momentos muito significativos na nossa jornada na busca do conhecimento musical. Três momentos marcados também pela colaboração musical com colegas e mestres dedicados que nos apontaram o caminho do compartilhamento da música como uma missão de vida. Estes cinqüenta anos nos trouxeram muitas alegrias e muitas amizades. É com muito carinho que repartimos este momento com vocês.