Germano Mayer

Germano Mayer (piano)

Germano Mayer é um pianista brasileiro que tem se apresentado pelas Américas, incluindo concertos no Brasil, Uruguai, Argentina, México, e Estados Unidos. Depois de ganhar a competição de jovens solistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em 2001, Mayer passou a dar recitais pelo Brasil, incluindo espaços tais como o Teatro Rondon Pacheco de Uberlândia, o Foyer do Theatro São Pedro de Porto Alegre e a Sala Jurerê Classic de Florianópolis, dentre outros. Na Argentina, o pianista foi convidado a participar do Congresso Internacional de Piano (2010) em Buenos Aires, e em duas edições consecutivas do Festival de Pianistas Mar del Plata, além de ter integrado banca no 1ª Competição Nacional de Pianistas desta cidade. Em Santa Fe de la Vera Cruz realizou recital de piano no Teatro 1º de Mayo. Nos Estados Unidos, deu recitais no Estado de Iowa, nas cidades de Des Moines, Cedar Rapids e Iowa City. Mayer tem sido um entusiasta da pedagogia do piano, tanto quanto de sua carreira solo. Integrou o corpo docente de Instituições como Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Curitiba) e a prestigiada Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (Joinville). Desde 2009 passou a integrar o corpo docente do Bacharelado em Piano da Universidade Federal de Pelotas. Nesta cidade, além de orientar jovens pianistas, também desenvolve projetos artístico-musicais. O pianista foi também Assistente de Ensino junto à Texas Tech University sob orientação da Dra. Carla Cash em 2013. Possui os títulos de Bacharel e Mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e recentemente concluiu seu doutorado junto a Universidade de Iowa com o suporte financeiro do MEC-CAPES. Entre seus orientadores artísticos, destacam-se Vaniza Füller, Ney Fialkow, Catarina Domenici e Réne Lecuona. Recentemente Mayer tem apresentado o resultado de suas pesquisas em música ibérica para piano no Brasil e em Portugal.