Gabriel Neves Coelho

“A música de câmara é, para mim, como o teatro: a partir do diálogo musical criamos significado, e no desenrolar do texto musical cada um pode assumir, como um ator, as mais diferentes funções e expressões, dependendo do contexto.”

Gabriel Neves Coelho

O interesse do pianista Gabriel Neves Coelho pela música de câmara surgiu como um reflexo natural do convívio com outros instrumentistas, e da descoberta da possibilidade de se fazer música entre amigos. Enquanto estudante também teve a oportunidade de adquirir experiência no gênero nos festivais musicais do qual participou, especialmente no Festival de Campos do Jordão, no qual teve pela primeira vez um contato mais intenso com o repertório camerístico.

Durante sua carreira vem atuando com frequência no gênero, com concertos recentes no Brasil, EUA e Alemanha.  Tem dedicado especial interesse ao repertório para cordas e piano, mas sem deixar de lado a exploração do vasto repertório para piano solo, que, a seu ver, combinados, formam um músico mais sólido e completo. Também já foi solista com orquestra ao lado dos maestros Isaac Karabtchevsky e Júlio Medaglia.

Nos últimos anos se aperfeiçoou em masterclasses e festivais com renomados artistas, entre eles Emanuel Ax, Nikolay Demidenko, Boris Berman, Alexander Kobrin, Jerome Rose, Falko Steinbach, entre outros. Premiado com o “Gary Smith Summer Professional Development Award” da Universidade do Oregon, participou em 2012 do “International Keyboard Institute & Festival” realizado na Mannes School, em Nova York.

É professor na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus, desde o início de 2015, onde leciona Piano e Música de Câmara.